InícioMar de AmorMar de Amor: Vítor Manuel consegue permissão para ver Estrela

Mar de Amor: Vítor Manuel consegue permissão para ver Estrela

em mar de amor vitor manuel visita estrela

Quem assiste a Mar de Amor sabe que Vítor Manuel foi preso injustamente e condenado a 50 anos de prisão. Entretanto, em breve ele terá a esperança de que será libertado.

Vítor Manuel ficou muito triste ao saber que Estrela Marinha está em uma cadeira de rodas e ele vai pedir permissão ao diretor do presídio para ir visitá-la.

Em Mar de Amor Vítor Manuel visita Estrela

Nos próximos capítulos de Mar de Amor Vítor Manuel ficará desesperado com a situação de Estrela de não poder andar e também por ela achar que ele não a ama mais. Vítor vai ligar para a mocinha, mas ela dirá que não quer que ele a veja na cadeira de rodas e desliga o telefone.

Vítor Manuel vai falar com o diretor do presídio para pedir permissão para sair e ver Estrela, o diretor permite, pois o galã está se comportando muito bem e agora é professor da escolinha da prisão.

Estrela abre a porta e se surpreende ao ver Vítor Manuel, ela pede para ele entrar. A mocinha pergunta o que Vítor está fazendo lá, pois ela não quer que ele a veja em uma cadeira de rodas. O capitão mostra as algemas e pergunta se ela acha que ele queria que ela o visse assim.

Na trama Mar de Amor Vítor Manuel afirma que quando se ama tem que estar nas coisas boas e nas ruins e mesmo que ela não queira vê-lo ele não a deixará sozinha.

Vítor Manuel pede um beijo de Estrela em seguida ele diz que em breve sairá da prisão e eles poderão ficar juntos. A mocinha diz que não quer que ele perda sua vida com uma mulher paralítica, mas ele diz que ele que decide se quer ou não viver com ela.

Portanto, Vítor Manuel consegue permissão para sair do presídio e visitar Estrela Marinha e ele conseguirá convencê-la a aceitá-lo de volta. Mercedes pensa que vai casar com o galã, mas ela está muito enganada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *