InícioNovelas MexicanasQuando Me Apaixono: Jerônimo desiste de vender a fazenda para Augusto

Quando Me Apaixono: Jerônimo desiste de vender a fazenda para Augusto

Quando Me Apaixono: Jerônimo desiste de vender a fazenda para Augusto

Em Quando Me Apaixono Augusto vai longe de mais e Jerônimo acaba desistindo de vender a fazenda “A Bonita” deixada por seu irmão Rafael para a alegria de Carlos, Lázaro e Matilde.

A venda da fazenda estava quase acertada, sendo que, faltava apenas os trâmites de alguns documentos que Augusto subornou para que acontecesse o mais rápido possível, porém, não vai dar tempo do vilão se tornar o novo dono de “A Bonita”.

Augusto foi até a fazenda para começar a colheita das uvas, porém, foi impedido por Lazaro e também Carlos que acaba atirando em direção dele e matando uma cobra. Augusto fica indignado com o que ocorreu e planeja vingança.

O fazendeiro manda Ezequiel dar uma lição em Carlos para mostrar quem manda na região, o empregado liga para Carlos marcando um encontro e contrata alguns homens que dão uma surra em Carlos que fica desmaiado e é socorrido pelo padre e Lazaro.

Carlos liga para Jerônimo para informar o que aconteceu com ele e garante que o mandante foi Augusto, o que faz Jerônimo repensar a venda da fazenda.

Jerônimo marca um encontro com Augusto e diz para ele que já está sabendo da surra que mandou dar em Carlos para que ele não se intrometesse. Augusto diz que não sabe do que ele está falando, que não fez nada e que está na cidade desde o dia anterior e que Jerônimo o está acusando de algo muito grave.

Jerônimo diz que diante do ocorrido decidiu cancelar o trato e que não vai mais vender a fazenda. Augusto diz que ele não pode desfazer um trato só por causa de uma dúvida. Jerônimo diz estar seguro que as terras de seu irmão vão está em melhores mãos que nas deles, pois, não gosta do jeito que trata os trabalhadores.

Augusto diz que o estilo que tem para tratar os trabalhadores não o faz indigno de ser dono da “A Bonita” e das terras de Rafael, Jerônimo diz que ele não merece ser dono da fazenda, que as colheitas vão ser dele por três anos devido ao acordo que fez com o Rafael, mas que os vinhedos e “A Bonita” jamais serão dele.

O vilão lembra a Jerônimo que ele deu sua palavra e que tem uma penalização no contrato, porém, Jerônimo fala que é um homem de negócios e que vai assumir as consequências.

Contudo Augusto não desiste e aumenta a multa legal de descumprimento de contrato para obrigar Jerônimo lhe vender a fazenda, porém, Jerônimo destrói o contrato na frente dele e fala que prefere pagar a multa a deixar que fique com as terras de Rafael.

Atriz de Quando Me Apaixono e O Que a Vida Me Roubou anuncia novo projeto

Ator de Quando Me Apaixono deserda os filhos por se sentir rejeitado e usado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *