InícioQuando Me ApaixonoQuando Me Apaixono: Jerônimo e Renata encontram Ezequiel morto

Quando Me Apaixono: Jerônimo e Renata encontram Ezequiel morto

quando me apaixono

Na novela Quando Me Apaixono, muitos personagens morreram e outros ainda vão perder a vida. O próximo personagem a morrer na novela será Ezequiel. O homem será encontrado pendurado em uma corda como se tivesse se enforcado, mas na realidade ele foi assassinado por Augusto.

Em Quando Me Apaixono Jerônimo e Renata encontram corpo de Ezequiel

Nos próximos capítulos de Quando Me Apaixono, Renata e Jerônimo vão passear à cavalo pela fazenda. O casal desce dos animais e Renata corre. Jerônimo corre atrás dela e aí os dois ficarão em choque com o que verão.

Renata é a primeira a ver Ezequiel morto, logo depois Jerônimo também vê. O fazendeiro abraça a esposa que fica em choque. Todos vão pensar que Ezequiel se matou, mas na verdade, foi Augusto que mandou matá-lo.

Todos da fazenda “A Bonita” ficarão muito tristes ao pensar que Ezequiel tirou a própria vida. Alzira, esposa de Ezequiel também pensará que seu marido se matou, por que ela vai escutá-lo conversando com a filha deles, a Luz, e ele diz que tem vontade de desaparecer.

Ao descobrir que Ezequiel morreu, Alzira entrará em desespero, mas seu filho Paulinho dirá que cuidará dela.

Lázaro que é o melhor amigo de Ezequiel, ficará indignado ao pensar que ele tirou a própria vida, mas em breve, ele vai perceber que seu melhor amigo não se matou e sim foi assassinado.

Para saber o que vai acontecer em Quando Me Apaixono a dica é ficar atenta a todos os capítulos. Não se sabe quando vão descobrir que Ezequiel foi assassinado, mas não vai demorar muito.

Augusto é um homem muito ruim, mas que não tem coragem de matar uma pessoa, por isso, ele manda matar e isso o transforma em um assassino.

Portanto, Ezequiel vai perder a vida pelas mãos de um homem que será contratado por Augusto. Porém, assim como aconteceu com Rafael Gutiérrez, o povoado vai descobrir que o capataz da fazenda “Cruz do Amor” foi assassinado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *