InícioQuando Me ApaixonoQuando Me Apaixono: Corina entrega Josefina e Branca para a polícia

Quando Me Apaixono: Corina entrega Josefina e Branca para a polícia

quando me apaixono

Na novela Quando Me Apaixono Constança está presa por causa de uma armação de Josefina e Branca. Essas duas mulheres armaram para que Constança e Regina fossem acusadas de sequestro de menores, sendo que Constança foi para a cadeia, mas Regina não foi presa porque estava na fazenda “A Bonita”.

Em breve, a polícia vai prender Corina, a mulher que fingia ser a mãe da bebê e ela vai entregar para as autoridades, não só Leando, o diretor da ala psiquiátrica do presídio feminino, mas também Josefina e Branca.

Em Quando Me Apaixono Corina entrega Josefina e Branca para as autoridades

Nos próximos capítulos de Quando Me Apaixono Corina será pega pelas autoridades e ao chegar à delegacia ela entrega todo mundo. Corina diz ao delegado que fez tudo por dinheiro, ela fala que o diretor roubou a menina e a contratou para que ela fingisse ser a mãe da bebê.

O delegado pergunta porque o diretor queria prejudicar Constança e ela fala que além dele tinha duas loucas uma que se chamava Josefina e outra Branca. Com isso, Gonçalo afirma que já sabia que Josefina estava por trás de tudo isso.

Na trama Quando Me Apaixono no mesmo dia em que Corina for presa, Honório e Gonçalo ficarão sabendo que Branca está morta e que Josefina foi dada como desaparecida, ou seja, ela está viva e andando por aí.

O advogado fala para Honório que com a declaração de Corina, Constança e Regina logo ficarão livres de todas as acusações. Honório pede uma permissão para ver sua esposa e lhe dá a boa notícia.

Na realidade, Constança teve muita culpa, pois, todos a avisaram que o que ela estava fazendo era errado, mas ela não quis escutá-los. Jamais ela deveria ter se apegado a uma criança que não era dela.

Portanto, em Quando Me Apaixono Corina vai entregar Josefina e Branca para a polícia, assim Gonçalo confirmará as suas suspeitas de que Josefina estava por trás de tudo isso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *